Os filmes de 2017

Seguindo a mesma linha dos livros de 2017, como eu anoto tudo o que assisto no Letterboxd e depois exporto para o Bear, aproveitei e vou tentar transformar em tradição, também, essa história de criar uma retrospectiva anual de filmes e documentários. Portanto, lá vai a lista de 2017:

  1. Rogue One: A Star Wars Story (2016)
  2. La La Land (2016)
  3. Saving Private Ryan (1998)
  4. Sidewalls (2011)
  5. Dogville (2003)
  6. Amores Urbanos (2016)
  7. Me Bofore You (2016)
  8. Carol (2015)
  9. The Danish Girl (2015)
  10. Allied (2016)
  11. Elite Squad (2007)
  12. Elite Squad: The Enemy Within (2010)
  13. Doctor Strange (2016)
  14. Fantastic Beasts and Where to Find Them (2016)
  15. Colonia (2015)
  16. The Beautiful Days of Aranjuez (2016)
  17. You Will Meet a Tall Dark Stranger (2010)
  18. Manhattan Murder Mystery (1993)
  19. Trainspotting (1996)
  20. T2 Trainspotting (2017)
  21. Les Misérables (1998)
  22. The Immigrant (2013)
  23. 10 Things I Hate About You (1999)
  24. Angels & Demons (2009)
  25. The Godfather (1972)
  26. The Da Vinci Code (2006)
  27. The Squid and the Whale (2005)
  28. Frances Ha (2012)
  29. The Dreamers (2003)
  30. Inglourious Basterds (2009)
  31. mother! (2017)
  32. Kingdom of Heaven (2005)
  33. The Untouchables (1987)
  34. Aquarius (2016)
  35. Captain Phillips (2016)
  36. The Meyerowitz Stories (New and Selected) (2017)
  37. The Rewrite (2014)
  38. Aftermath (2017)
  39. Captain America: Civil War (2016)
  40. Gabeira (2017)
  41. Loving Vincent (2017)
  42. Star Wars: The Force Awakens (2015)
  43. Star Wars: Episode I – The Phantom Menace
  44. Star Wars: Episode II – Attack of the Clones
  45. Star Wars: The Last Jedi
  46. Star Wars: Episode III – Revenge of the Sith
  47. Star Wars: A New Hope
  48. Star Wars: The Empire Strikes Back
  49. Star Wars: Return of the Jedi
  50. Hacksaw Ridge
  51. Battle of the Sexes
  52. Dunkirk

Há três observações necessárias sobre o meu ano quanto ao cinema: a primeira é a de que, infelizmente, pela correria, optei bastante por repetecos e quase não fui ao cinema, sendo que, embora tenha começado o ano em uma sala do UCI, dos 52 títulos, apenas 7 não foram vistos no meu sofá ou na cama. São eles: Rogue One, La La Land, mother!, Aftermath e Star Wars: The Last Jedi. A segunda é que, de novo, por correria e preguiça, a lista pecou em filmes e documentários nacionais, ainda mais pelo fato de que assisti grande parte pelo iPad e não é tão fácil encontrar o trabalho dos brasileiros nele. Por fim, o fato de que destinei grande parte do meu tempo em séries e tentando começar e terminar Grey’s Anatomy – o que está longe de acontecer.

Agora eu quero saber: como foi o seu ano em questão de filmes? 🙂